Banner Agosto Prefeitura Alagoinhas

Bahia empata sem gols com o Cruzeiro na Fonte Nova

Com informações do Galáticos Online

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Bahia e Cruzeiro se enfrentaram na tarde deste sábado (20), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Com 10 jogadores em campo desde a expulsão de Arthur Caíke no final do primeiro tempo, o Bahia não conseguiu superar o time mineiro e a partida terminou com o placar de 0x0.

Com o resultado, o Bahia subiu para a nona posição, com 15 pontos conquistados, enquanto o Cruzeiro, subiu para a 16ª colocação e empurrou o Fluminense para a zona de rebaixamento.

O Tricolor volta aos gramados no dia 28 de julho, às 11h, contra a equipe da Chapecoense, na Arena Condá.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa da partida começou equilibrada. Aos cinco minutos, o Bahia tentou chegar pela primeira vez. Após lançamento de Artur e toque de Gilberto, a bola ficou tranquila para o goleiro Rafael. Aos 10, o Cruzeiro respondeu. Sassá tentou encontrar David na área tricolor e a bola passou na frente do goleiro Douglas.

No minuto 12, o Cruzeiro chegou perto de abrir o placar. Em cobrança de falta, David cruzou na cabeça de Sassá, que teve a finalização defendida por Douglas. No lance seguinte, outro susto. Após cobrança de escanteio e confusão na área do Bahia, Jadson chutou a bola na trave.

Aos 19 minutos, nova tentativa do Cruzeiro. Com espaço na intermediária ofensiva, Ederson finalizou de fora sem perigo para a meta defendida por Douglas. No lance seguinte, o Bahia tentou responder. Após lançamento, Artur recebeu a bola com liberdade no campo de ataque, mas não conseguiu passar pelo zagueiro mineiro.

O Cruzeiro buscava a participação do atacante Sassá e aos 24, após receber bom passe na entrada da área, o atacante da Raposa finalizou com perigo para mais uma boa defesa de Douglas. A resposta do Bahia aconteceu dois minutos depois. Em cobrança de escanteio, Juninho subiu com espaço e finalizou por cima da meta.

Sem conseguir desempenhar um bom futebol, a situação do Bahia ficou ainda pior quando o jogador Arthur Caíke foi expulso aos 41 minutos. Sob vaias da torcida tricolor, a primeira etapa terminou com o placar de 0x0.

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou com o Cruzeiro em busca do gol. Com um jogador a mais, a equipe mineira tentou dominar as ações na partida. No entanto, a primeira oportunidade foi do Bahia. Aos seis minutos, Luca finalizou com perigo.

Aos nove, o Cruzeiro respondeu. Após finalização de David de fora da área, o goleiro Douglas espalmou para escanteio. Na cobrança, Maurício recebeu com liberdade e finalizou por cima.

Aos 14 minutos, Lucca fez uma boa jogada pela esquerda e finalizou, o goleiro Rafael fez a defesa. No lance seguinte, Artur driblou dois jogadores e finalizou para fora.

No minuto 16, o Bahia assustou novamente. Juninho finalizou de fora e Rafael fez uma grande defesa para salvar o Cruzeiro. Dois minutos depois, mais uma vez Juninho! Após cobrança de escanteio, o zagueiro cabeceou com muito perigo.

A partida ganhou velocidade e aos 22, David recebeu na esquerda e finalizou para mais uma defesa de Douglas. No minuto seguinte, após corte da zaga do Bahia, Jadson finalizou de fora e a bola passou sem perigo.

Aos 28 minutos o Bahia chegou novamente. Após boa jogada pela direita, Artur chutou sem perigo para o goleiro Rafael.

Mesmo com um jogador a menos, quem parecia incomodado com o resultado de empate era o Bahia, que esbarrou na marcação do Cruzeiro e na própria falta de criatividade para chegar ao gol.

Fim de papo na Fonte Nova. Bahia 0x0 Cruzeiro.

Bahia x Cruzeiro
Brasileirão Série A – 11ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data e Horário: 20/07/2019, às 17h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP). Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP). VAR: Marcio Henrique de Gois (SP).
Cartão Amarelo: Arthur Caíke, Ezequiel (Bahia); Cacá (Cruzeiro)
Cartão Vermelho: Arthur Caíke (Bahia)

Bahia
Douglas; Ezequiel (Ronaldo), Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Flávio e Ramires (Lucca); Artur, Arthur Caíke e Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.

Cruzeiro
Rafael; Weverton, Fabrício Bruno, Cacá e Dodô; Éderson e Ariel Cabral; Jadson, Maurício e David; Sassá. Técnico: Mano Menezes.