Banner Agosto Prefeitura Alagoinhas

Bolsonaro manda cancelar vestibular para transgêneros e intersexuais em universidade federal

Foto: Marcos Corrêa | PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) informou, na tarde de hoje (16), que a reitoria da Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira, que é de responsabilidade federal, se posicionou contra o vestibular para candidatos transgêneros, travestis, intersexuais e pessoas não binárias. A instituição tem sede em São Francisco do Conde, na Região Metropolitana de Salvador, e no município de Redenção, no Ceará.

O chefe do Executivo publicou a informação em sua conta no Twitter. De acordo com ele, a posição da reitoria foi motivada por intervenção do Ministério da Educação (MEC), comandado por Abraham Weintraub.

No edital, lançado no último dia 10, haviam sido disponibilizadas 120 vagas, sendo 69 para o Ceará nos seguintes cursos de graduação: Administração Pública (5), Agronomia (2), Antropologia (10), Ciências Biológicas (2), Enfermagem (6), História (10), Humanidades (10) Letras/Língua Inglesa (1), Letras/Língua Portuguesa (3), Matemática (3), Pedagogia (8), Química (4), Sociologia (5). Já para a Bahia, eram 51 vagas nos cursos de Ciências Sociais (8), História (8), Humanidades (8) Letras/Língua Portuguesa (9) Pedagogia (8), Relações Internacionais (10).

*Com informações do Metro1