Governo estima que economia com reforma da Previdência deve cair para R$ 900 bi

Com informações do G1

O secretário de Previdência e Trabalho do governo Jair Bolsonaro, Rogério Marinho, reviu a estimativa de economia com a reforma da Previdência, após término da votação em primeiro turno do texto-base e destaques. O Governo estima que a economia será cerca de R$900 bilhões num período de dez anos.

Quando o governo encaminhou o projeto da reforma para o Congresso, previa uma economia de R$ 1,236 trilhão em um período de dez anos.

A votação em segundo turno está prevista para se iniciar em 6 de agosto, após o recesso parlamentar (de 18 a 31 deste mês).
“Com as mudanças que foram feitas, nós estimamos que a economia ficará próxima a R$ 900 bilhões. A equipe já começa agora à noite a refinar esses cálculos”, disse Marinho em entrevista na Câmara.

A estimativa oficial deve ficar pronta em até seis dias.