Operação Paz no Trânsito terá radar de reconhecimento de placas nas estradas durante o São João

fonte: Bnews

Diego Vieira/BNews

A Polícia Militar da Bahia e o Departamento de Trânsito do Estado da Bahia (Detran-BA) apresentaram, na manhã desta segunda-feira (17), os detalhes da Operação Paz no Trânsito no São João 2019. A ação integrada tem como um dos principais objetivos retirar de circulação os motoristas sob efeito de álcool e prevenir a violência nas estradas durante os festejos juninos.

De acordo com o comandante geral da PM, Cel Anselmo Brandão, os policiais estarão nos principais acessos das cidades que realizam o São João. “As blitzes tem um caráter não só de prevenção, mas também de repressão para evitar que os crimes circulem nas rodovias e, acima de tudo, dá aquela sensação de segurança para todas as pessoas que circulam nas rodovias durante esse período. Nós vamos atuar na BR-324, em Salvador, e no interior estaremos nas principais vias que dão acesso aos grandes centros do São João, a exemplo de Cachoeira, Amargosa, Ibicuí, Cruz das Almas, Senhor do Bonfim, Santo Antônio de Jesus, entre outras”, disse.

Ainda segundo o comandante, ao todo mil PMs atuarão na operação em todo o estado com o auxílio de drones, radares móveis e equipamentos de etilômetro para coibir os condutores infratores, com ênfase na aplicação da Lei Seca.

Já o Detran-BA vai atuar com um efetivo de 100 agentes, conforme o diretor-geral do departamento, Rodrigo Pimentel. “O principal intuito é aumentar a segurança no trânsito, reduzir o número de acidentes e trazer mais paz para o trânsito. Estamos com 100 agentes espalhados pela Bahia, fazendo blitz de alcoolemia e situação do veículo”, explicou.

Além disso, a operação conta o radar com tecnologia de Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR, na sigla em inglês), equipamento que é capaz de identificar informações como atraso em pagamentos ou licenciamento e se há multas, mandado judicial relativo ao automóvel ou ao proprietário.