Banner Outubro Prefeitura

Suspeito de chefiar grupo criminoso em Cachoeira morre em confronto com a polícia

fonte: G1

Foto: SSP/ Divulgação

Um homem apontado pela polícia como chefe de um grupo criminoso na cidade de Cachoeira, no recôncavo baiano, morreu em confronto com policiais na segunda-feira (10), em Salvador, conforme informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

Luís Carlos de Souza Santos, conhecido também como “Pai Lula de Cachoeira”, estava com um mandado de prisão em aberto e se escondia na capital baiana. Segundo a SSP, ele foi encontrado em um imóvel no bairro de Itapuã durante uma operação das Polícias Civil e Militar.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o suspeito resistiu à prisão e atirou nos policiais. Baleado, ele chegou a ser socorrido para o Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, mas não resistiu aos ferimentos.

A SSP informou que, com Luís, foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, 1 kg de maconha, porções de cocaína e uma balança.

Participaram do acompanhamento e das diligências equipes do Bope, Batalhão de Choque, 27ª CIPM e DT de Cachoeira.