Clubes e colegas saem em defesa de Sidão após constrangimento na Globo

Fonte: Correio

Depois de virar meme com uma desmerecida premiação como melhor goleiro de um jogo em que ficou marcado por falhas individuais, o goleiro Sidão, do Vasco, reagiu à situação, e foi defendido inclusive por adversários.

Na rodada desse domingo (12), o jogador do Vasco foi eleito o “Craque do Jogo” contra o Santos pelos internautas que votaram em uma enquete da Rede Globo durante a partida no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro.

Ao final dos 3 a 0 para o time paulista, em que falhou feio em um dos três gols levados pelos cariocas, Sidão ainda teve que receber o prêmio.

Comentarista da Globo na partida, Walter Casagrande Junior foi uma das personalidades que se posicionaram contra a atitude da emissora em que trabalha e chamou o troféu de “ridículo”.

Depois de sua assessoria se posicionar, foi a vez do próprio Sidão comentar o episódio protagonizado por ele ao fim do Santos x Vasco.

“Uma trajetória com muita luta, sempre foi assim a minha vida. Que esse constrangimento generalizado toque cada um de nós (atletas, jornalistas, técnicos, dirigentes, agentes, torcedores .), enfim, todos aqueles que buscam e tentam fazer um futebol melhor, tendo como pilar principal o respeito profissional”, escreveu. Veja a postagem na íntegra.

Nos comentários, inúmeros atletas reforçaram a corrente de solidariedade com o goleiro. “As maiores lutas são para os maiores guerreiros”, comentou o meia Nenê, do São Paulo. “Irmão você é gigante, sempre batalhou muito, não só na sua vida profissional quanto na pessoal também. Nada caiu de paraquedas para você”, publicou Thiago Volpi, goleiro do time tricolor paulista.

Clubes

Também nas redes sociais, o Santos se solidarizou com o goleiro: “Erga essa cabeça. Manda essa tristeza embora. Basta acreditar que um novo dia vai raiar. Sua hora vai chegar”, postou o perfil oficial do clube.

Já o São Paulo, ex-clube do atleta, exaltou a passagem, o profissionalismo e o caráter de Sidão.

“Conhecemos muito bem seu profissionalismo e, principalmente, seu caráter. Por aqui, deixou amigos e gente que torce muito por você. Não tira o sorriso do rosto, porque amanhã é um novo dia”, publicou o São Paulo no Twitter.

O próprio Vasco também manifestou solidariedade ao goleiro e agradeceu a demonstração de apoio de diversos profissionais.

O clube classificou na situação como “infeliz” e agradeceu “a demonstração de apoio de diversos profissionais, com destaque para o comentarista Walter Casagrande Jr., que reconheceu o deslize, mesmo estando presente na citada transmissão”. “Este espírito deve guiar a boa convivência no esporte”, conclui a nota.

Colegas

Na postagem de Sidão, vários colegas de profissão também se solidarizaram. “Você é abençoado irmão! Deus cuida de tudo!”, postou Julio Cesar, goleiro do Bragantino.

“Só você sabe o que passou pra construir a sua carreira irmão. Você é um guerreiro”, elogiou Bruno Alves, zagueiro do São Paulo.

“Respeito acima de tudo! Você é um vencedor”, escreveu o também goleiro Danilo Fernandes, hoje no Internacional.

Globo

Após o episódio, o Grupo Globo se manifestou, mudou a forma de realização do troféu e pediu desculpas ao goleiro, colocando também comentaristas para votar e garantir que a eleição não será ‘burlada’ por internautas.

A entrega do troféu foi feita pela repórter Julia Guimarães, que estava visivelmente constrangida. Ela também se posicionou sobre a situação. “Tenho a consciência tranquila de que o Sidão sabe o respeito que tenho pelo profissional e pela pessoa que ele é”, postou no Twitter.