Damares decide demitir Tia Eron por falta de produtividade em ministério

Redação, com BN

Foto: Reprodução / Agência Câmara

Damares Alves teria decidido demitir a ex-deputada federal baiana Tia Eron (PRB) da secretária nacional de Políticas para as Mulheres. De acordo com o jornal Estado de S.Paulo, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos ligou esta semana para Tia Eron para se queixar da produtividade dela.

Damares também se preocupou em avisar ao presidente do PRB, o deputado federal Marcos Pereira (SP). A exoneração deve ser publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

A secretária-adjunta Roseane Cavalcante de Freitas, conhecida como Rosinha da Adefal (Avante-AL), deve assumir interinamente a cadeira deixada pela baiana.

Damares teria se incomodado com a “falta de produtividade” de Tia Eron no ministério e também com a quantidade de pessoas “ligadas à esquerda” que ela teria nomeado para a pasta. Inconformada com as críticas, Tia Eron ligou para a prefeitura de Salvador – onde foi secretária Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza – para checar se a passagem dela por lá também tinha sido considerada negativa.

Ex-deputada federal, Tia Eron não conseguiu se reeleger no último ano. Sem mandato, ela também perdeu a presidência do PRB na Bahia. A cúpula do partido anda insatisfeita com os posicionamentos dela.