Investimento em Educação

“Roubava as pretendentes do meu irmão”, revela Anitta falando sobre bissexualidade

Redação Aratu

Crédito da Foto: arquivo pessoal/Instagram

Anitta está na Espanha para divulgar o seu novo álbum Kisses e aproveitou para conceder uma entrevista a um site e falar um pouco mais sobre sua vida pessoal. A funkeira revelou que sua família sabe que ela é bissexual e que roubava os pretendentes do irmão, Renan Machado.

“Meus pais sabem disso (da bissexualidade) desde que eu tinha treze ou quatorze anos de idade, e todos vivem normalmente. Tive muita sorte com minha família. Não é que minha mãe ame esse fato, mas ela sempre me amou como eu sou, e ela me respeita. Meu irmão não se dava tão bem na adolescência, porque, às vezes, roubava suas pretendentes (risos)”, contou.

Porém, disse que nunca teve um relacionamento constante com uma mulher. “É verdade que nunca tive um relacionamento duradouro com uma mulher … ou não me lembro. Vamos ver se agora alguém ofendido aparece dizendo que eu esqueci dela! (risos).”

Ela falou que a bissexualidade é um assunto complicado na sociedade e que ela quer “que as pessoas vejam que é normal” e que sabe “que há pessoas que não têm coragem de dizer isso”, mas que “não as julgo”, e completou dizendo que “é difícil enfrentar.”

Anitta disse que esperou o momento certo para falar com os seus fãs.”Bissexualidade tem sido uma realidade para mim há muito tempo, mais de dez anos. Escolhi o jeito certo de compartilhá-lo, porque não queria contar diretamente para a imprensa. Porque eles poderiam ter usado como eles queriam. A mídia está sempre procurando cliques e polêmicas, talvez eles a tivessem tratado de uma maneira que não fosse respeitosa. Eu queria contar isso com absoluta normalidade, porque é algo que qualquer um pode experimentar, e eu esperei pelo momento perfeito para fazê-lo. Agora estou em um lugar onde muitas pessoas me ouvem, e eu também queria aproveitar isso, para poder fazer a diferença”, falou.

A funkeira completou a entrevista falando sobre os planos para o futuro e que não pretende continuar na carreira musical: “Vou parar daqui a alguns anos, em cinco ou seis. Eu não quero continuar cantando toda a minha vida. Esta profissão está muito cansada. Quero formar uma família, ter filhos… vou trabalhar como gerente, também sou empresária e no Brasil também me dedico a levar outros artistas. Então eu vou fortalecer essa parte”.