Campanha: Macrodrenagem e Saneamento / IPTU 2019

Jovem relata agressão em bar na Bahia e acusa segurança de lesbofobia

Do Bahia Notícias

Foto: reprodução/Redes Sociais

A jovem e estudante de História, Juliana Silva, fez uma publicação nas redes sociais denunciando um segurança, após ter sido agredida junto com a namorada no bar Cabana do Churrasco, localizado no município de Santo Antônio de Jesus, na madrugada do domingo (24).

A vítima, que foi submetida ao exame de corpo de delito nesta quarta-feira (27), revelou ao Bahia Notícias que a agressão aconteceu por volta das 1h, quando a namorada saiu para fumar fora do estabelecimento.

“Estranhei a demora da minha namorada [Amanda] e pedi ao segurança para sair. Ao me aproximar dela, notei que um casal de mulheres, com quem ela conversava, detalhou a truculência e agressão física do mesmo segurança. Neste momento, a Polícia Militar – solicitada por elas -, já estava no local e como já tínhamos passado nosso contato, fui razoavelmente solidária com elas, mas convidei Amanda para voltar ao bar”, relata.

Ao retornar ao estabelecimento, Juliana contou que o segurança barrou a entrada das duas e segurou o braço da sua namorada de forma violenta. “Depois disso, cochichamos que seria melhor voltar à mesa e pensar no que fazer. Contamos o ocorrido a Fernanda, minha amiga, que foi falar com o proprietário do estabelecimento”.

Durante a conversa com o proprietário do bar, Juliana destacou que foi recebida com mais violência quando questionou a agressão. “Indaguei se eles costumam agredir os clientes e ele respondeu: Não só agredimos, como também os cortamos”, relembra. Ainda segundo Juliana, além de desferir xingamentos hostis, o homem ainda fez um gesto simulando uma arma com as mãos.

Após a conversa, Juliana resolveu ir embora do local junto com a namorada quando ouviram gritos de duas mulheres. “Mais uma mulher, acompanhada por outra mulher, que teria sido agredida pelo mesmo segurança. Por ser uma delas conhecida, e como já estavam fora do bar, fui até elas”. Nesse momento, o segurança teria se aproximado para ironizar a sua namorada que, ao retrucá-lo, recebeu dois socos na boca. “Ela foi arremessada longe, quando eu saí em defesa dela, a resposta dele foi um soco no meu olho”.

Procurada pelo Bahia Notícias, a administração do Cabana do Churrasco alegou que está levantando as provas necessárias para comprovar ou não a violência. “Estamos com o boletim de ocorrência e vamos analisar as filmagens da câmera de segurança para resolver juridicamente”.

Além de registrar a ocorrência na delegacia de Santo Antônio de Jesus, Juliana revelou que pretende acionar o Ministério Público do Estado (MP-BA), após sair o resultado do exame de corpo de delito.


Anuncio Ivonilton mobi