Campanha: Macrodrenagem e Saneamento / IPTU 2019

VÍDEO: vítima de racismo em banco fala sobre ocorrido; Caixa se posiciona

Do Aratu ON

Foto: reprodução/vídeo/Aratu Online

A assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal se posicionou a respeito da denúncia de racismo feita pelo comerciante Crispim Terral, contra o gerente da agência do Relógio de São Pedro, em Salvador. A situação ocorreu no último dia 19 de fevereiro, mas viralizou após postagem da vítima, nessa segunda-feira (25/2), em rede social.

Por meio de nota, a Caixa alegou que, “até o momento, não foi identificada, por parte de nenhum dos seus empregados ou colaboradores, qualquer atitude de cunho discriminatório”. Disse, ainda, que “repudia atitudes racistas ou de discriminação cometidas contra qualquer pessoa”.

Nesta terça-feira (25/2), em visita à emissora TV Aratu, Crispim comentou sobre o que sentiu no momento do ocorrido: “O mais triste e doloroso foi quando o gerente disse que só acompanharia até a delegacia se eu fosse algemado, que não faria acordo com ‘esse tipo de gente’. Senti uma dor imensa”.

Os advogados do comerciante, que mora em Salinas das Margaridas, no Recôncavo Baiano, disseram que já estão tomando as medidas cabíveis.

Assista:

MATÉRIA RELACIONADA

Homem denuncia injúria racial após ser retirado à força de agência da Caixa; veja vídeo


Anuncio Ivonilton mobi