Casos de dengue crescem 149% no Brasil após dois anos de queda

Redação com Metro1

Foto : Marcos Santos / USP Imagens

Dados de um novo boletim epidemiológico divulgado hoje (26) pelo Ministério da Saúde apontam um avanço da dengue no Brasil, após mais de dois anos de queda.

Segundo a pasta, 54.777 casos prováveis da doença foram registrados em todo o país até o dia 2 de fevereiro, mais do que o dobro em relação a 2018, quando foram contabilizados 21.992. O levantamento aponta ainda que, na Bahia, foram registrados 1.608 casos no período, contra 655 no ano passado.

No entanto, dados mais recentes divulgados pela Secretaria de Saúde (Sesab) na sexta-feira passada (22) revelam que o número é ainda maior, considerando o período compreendido até o 16 deste mês: 3.725 casos em 123 municípios, o que representa um avanço de 301,4%.

Ainda de acordo com os dados estaduais, Feira de Santana lidera com 1.520 registros e quatro mortes. Outros dois óbitos foram confirmados, sendo um em Salvador e outro em Candeias.

Em contrapartida, nacionalmente, até o dia 2 deste mês, segundo o Ministério, foram registrados 630 casos de zika, uma redução de 19% em relação ao mesmo período de 2018. Já a chikungunya contabilizou 4.149 registros, o que significa uma queda de 51%. Na Bahia, no mesmo período, foram registrados 82 casos de Chikungunya e, de Zika, 19.