Alagoinhas: 2ª Caminhada do PROERD mobiliza estudantes da rede municipal

Fotos: Roberto Fonseca

Com foco na prevenção às drogas e no combate à violência, o 4º Batalhão da Polícia Militar, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, promoveu, na manhã desta sexta-feira (23), mais uma caminhada do PROERD.

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) foi criado no Departamento de Polícia de Los Angeles, em 1983, e só chegou ao Brasil em 1992, através da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

Em Alagoinhas, as ações do programa começaram a se desenvolver em 2015, voltadas a estudantes do 4° e do 5° ano. Nas salas de aula, os policiais militares, fardados e devidamente treinados, se tornam instrutores com material próprio e um período de 50 minutos para desenvolver atividades com alunos de 9 a 13 anos da rede municipal.

“A missão do programa é prevenir essas crianças e adolescentes com relação às drogas, à violência e ao consumo de bebidas alcoólicas. Então o foco é justamente alertar, debater o assunto, falar sobre essas questões”, pontuou Márcia Climaco, coordenadora da ação socioeducativa da SEDUC.

Na caminhada deste ano, 752 crianças participaram do percurso. A saída foi marcada para as 8h, do estádio do Carneirão, e um lanche foi oferecido na volta, às 10h30.

Os policiais ressaltaram que o tripé pedagógico do PROERD é estruturado no trinômio “família/escola/polícia”, e a SEDUC informou que, a partir de março de 2019, novas atividades devem ser realizadas, com início previsto junto ao calendário escolar.

Em 2018, segundo a secretaria, 22 escolas municipais participaram do programa.