“Meu governo vai botar para correr ladrão e bandido”, diz Ciro

Foto: Reprodução / Estadão

Neste domingo (26), durante uma visita, região de Itaquera, em São Paulo, o candidato à Presidência da República pelo do PDT, Ciro Gomes,  não poupou críticas ao governo do presidente Michel Temer (MDB) e aos adversários na campanha.

Para o tucano Geraldo Alckmin e o emedebista Henrique Meirelles, o pedetista declarou que o eleitor deve ficar atento aos projetos dos candidatos. “A turma do Temer está dividida entre Meirelles e o Alckmin. Então, se você é favorável às ideias do Temer, à proposta do Temer, vota na turma do Temer”, afirmou o presidenciável.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Eu lutei muito contra o Temer, contra essas reformas antipovo, antipobre, e estou fazendo propostas populares”, ressaltou Ciro.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de um eventual apoio do MDB num governo futuro, o candidato do PDT foi enfatico. “Nem a pau, Juvenal. Meu governo vai botar pra correr ladrão e bandido. Botar pra correr até a porta da cadeia”, concluiu.

X