Bélgica chegou como favorita e volta com o 3° lugar

Foto: Fifa / Divulgação

Apontada entre as favoritas para conquistar a Copa da Rússia, a Bélgica ficou no meio do caminho ao ser batida pela Croácia nas Quartas de Final, viu o sonho da conquista acabar, mas na disputa do terceiro lugar em São Petersburgo jogou melhor e venceu outra favorita, a Inglaterra, como já havia feito na Fase de Grupos, e leva como prêmio de consolação a honrosa 3ª colocação, superando sua melhor campanha em Copas que foi o 4º lugar em 1986, quando naquela oportunidade perdeu a 3ª colocação para a França por 4 x 2.

O jogo foi marcado pelo bom futebol praticado pelas duas equipes, e a Belgica logo no início toma a iniciativa da partida e demonstrando que não estava para brincadeira, abre o marcador em uma dominada de Lukaku no meio de campo, enfiada para Chadli que cruzou, e Meunier se antecipa para de canela aos 04 minutos do 1º tempo fazer Bélgica 1 x 0 Inglaterra, ficando como curiosidade a observação desse gol que foi o mais rápido já feito por um jogador belga em Copas do Mundo, e o mais rápido sofrido pelos ingleses na história dos mundiais.

A Bélgica que não perde uma partida de Copa do Mundo que ela termina o primeiro tempo com vitória, desde 1934 (84 anos), volta muito pressionada pelos ingleses mas a sua superioridade tática e técnica se consolidou aos 37 minutos do 2º tempo, quando De Bruyne no contra-ataque passa para Hazard que penetra na área e chuta para fazer Belgica 2 x 0 Inglaterra e dar números definitivos ao jogo e consolidar o 3º lugar, que além de render 1,6 Milhão para cada jogador belga, pode definir também a chuteira de ouro entre os dois maiores favoritos nesta disputa: Harry Kane (Inglaterra) e Romelu Lukaku (Bélgica),

A Bélgica venceu com:
Courtois.
Alderweireld, Kompany e Vertonghen.
Meunier, Tielemans (Dembelé), Witsel e Chadli (Vermaelen).
De Bruyne e Hazard.
Lukaku (Mertens).

A Inglaterra perdeu com:
Pickford.
Jones, Stones e Maguire.
Dier.
Trippier, D. Rose (Lingard), Loftus (Dele Alli) e Delph.
Kane e Sterling (Rashford).

Gol: Meunier (1) aos 04 minuto do 1º tempo para a Bélgica.
Gol: Hazard (1) aos 37 minutos do 2º tempo para a Bélgica

*Por José Gomes, para o Alta Pressão Online