Alagoinhas registra dois casos de meningite bacteriana no mês de junho

Edição: Rogenis Dias – Alta Pressão

A Secretária de Saúde do município de Alagoinhas confirmou nesta sexta-feira, (30/6), que houve dois registros de meningite bacteriana no mês de junho.

Segundo a Sesau, os pacientes foram atendidos inicialmente na unidade de saúde de referência, o Hospital Regional Dantas Bião, e tratados de acordo com os protocolos médicos vigentes.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Conforme nota da Vigilância Epidemiológica, este quantitativo de casos de meningite não caracteriza um surto desta morbidade em Alagoinhas, devendo, desta forma, a população ficar tranquila.

“A vigilância está monitorizando ativamente os casos e informa à comunidade que todas as medidas de prevenção estão sendo adotadas de forma ágil e em conformidade com o preconizado pelas portarias ministeriais que regulamentam às ações frente a esse agravo”, diz a nota.

Foram realizados só na manhã de ontem (30), 48 atendimentos (44 adultos e 4 crianças) para realização de quimioprofilaxia (uso do antibiótico para prevenção da doença), para bloqueio epidemiológico.

Sobre a doença

A Meningite expressa a ocorrência de um processo inflamatório das meninges, membranas q envolvem o cérebro. Pode ser causada por diversos agentes infecciosos, como bactérias, vírus e fungos e agentes não infecciosos. A transmissão é de pessoa a pessoa, através das vias respiratórias, por gotículas e secreção da nasofaringe, por contato direto com as secreções respiratórias do paciente. O tratamento da meningite bacteriana é feita com antibióticos.

X