Fachin autoriza PGR a acessar dados do Jaburu

Foto Lula Marques/Agência PT

O ministro Edson Fachin, do STF, autorizou que a Procuradoria-Geral da República (PGR) solicite dados de entrada do Palácio do Jaburu, residência oficial de Michel Temer, no dia 28 de maio de 2014.

A data foi citada pelo ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, e consta nos inquéritos contra os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com o Estado de S. Paulo, no dia em questão teria havido um jantar no local, com a presença de Marcelo Odebrecht, Padilha e Temer. Ali teria sido feito um pedido de repasse de R$ 10 milhões para financiar a campanha de 2014.