Família realiza campanha para ajudar menino com síndrome rara em Acajutiba

Foto: reprodução/Acajutiba News

O garoto Albert Santos da Cruz, de oito anos de idade, morador da Rua Nossa Senhora das Candeias em Acajutiba, vem enfrentado uma verdadeira luta por um tratamento de saúde.

O garoto franzino, muito inteligente e dinâmico tem mostrado uma determinação de um verdadeiro guerreiro pela vida, Albert foi diagnosticado pela equipe do Hospital Geral Roberto Santos em Salvador com a Síndrome Hemolítica Urêmica atípica (SHUa).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Conheça a doença:
A grave doença, de causa genética, é provocada por uma deficiência do sistema de defesas do organismo, que provoca a destruição dos glóbulos vermelhos do sangue. O resultado é uma hemorragia, em resumo, a doença arrasa a camada interna dos vasos sanguíneos e, com isso, traz repercussões para boa parte do organismo. Geralmente os rins são os mais afetados, mas complicações neurológicas, gastrointestinais e cardíacas são bem comuns.

Segundo relatório médico, Albert necessita da doação urgente da medicação Eculizamab, a dosagem de 600 mg começou a ser administrada no dia (24/03) e segue por mais três semanas seguidas, após as três primeiras semanas o garoto deve receber 600 mg a cada duas semanas. A medicação que ameniza os sintomas de SHUa não existe no Brasil e custa uma fortuna no exterior sendo considerada a droga mais cara do mundo, Eculizumab é comercializada sob a marca Soliris por uma empresa norte-americana. O laboratório vende por 20.000 euros dose e o tratamento por paciente de 300.000 euros por ano

Felizmente até o momento Albert vem recebendo a medicação, porém a família humilde precisa além do apoio moral de todos, conta com a ajuda financeira para manter o tratamento do menino.

Com a debilidade causa pela doença Albert precisa está em um local livre de qualquer infecção e adaptações em toda sua residência, além das diversas despesas para realização do tratamentos da criança.

Doações podem ser feitas em nome: Raimunda Souza Santos, mãe de Albert, na conta 0525069-2, agência 3514-9 do Banco do Bradesco.

*Do Acajutiba News