Feira: Após 23 dias, greve dos professores da rede municipal chega ao fim

Foto: Paulo José / Acorda Cidade

A greve dos professores da rede municipal de ensino de Feira de Santana chegou ao fim na manhã desta quinta-feira (6). Com duração de 23 dias, o fim da paralisação foi decidido em assembleia da APLB-Feira e os profissionais devem retornar para as atividades na sexta (7).

Segundo o site Acorda Cidade, a diretora da APLB, professora Marlede Oliveira, informou que o último item da pauta de reinvindicação foi atendido pelo governo municipal. “Só tinha a questão dos 15% de gratificação e o governo apontou que isso não será retirado. Isso ficou documentado em uma reunião ontem com a secretaria de Educação e era isso que a categoria queria. A responsabilidade da greve ter continuado foi da prefeitura que não sinalizou a garantia dos 15%”, disse.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ainda de acordo com Marlede, os três principais itens da pauta de reivindicação, que eram o reajuste de 7.64%, o enquadramento de todos os professores e a manutenção dos 15% também foram atendidos.

O sindicato garantiu a a manutenção dos 200 dias letivos e em conjunto com a secretaria de educação e um calendário de reposição de aulas será analisado.

BN