Confirmada morte de macaco por febre amarela em Esplanada

Foto: reprodução

A cidade de Esplanada é uma das 18 cidades baianas que registraram novos casos de epizootias (morte de macacos) por febre amarela, a informação foi confirmada através de um alerta epidemiológico divulgado no último dia (05).

O Portal Acajutiba News teve acesso ao alerta divulgado Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Sesab (Divep), vale ressaltar que a Bahia não possui nenhum caso confirmado de febre amarela em humanos, com infecção dentro do território do estado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Macacos não são transmissores de febre amarela

Segundo especialistas, matar esses animais prejudica as investigações sobre a doença. Afinal, a febre amarela não é transmitida pelo macaco. E sim, pelos mosquitos.

De acordo com especialistas, pessoas mal informadas atrapalham o combate à doença e põe em risco a saúde da população.

“Quando esses macacos começam a adoecer é uma sirene que está sendo ligada chamando a atenção da população e das autoridades em geral de que naquele espaço onde convivem esses macacos algo estranho está acontecendo. Neste sentido, eles são nossos amigos, nosso protetores. Nunca é demais lembrar que o vírus é transmitido pelo mosquito. Tanto no ambiente silvestre quanto em um ambiente urbano. Não há a transmissão direta de um animal doente ou de uma pessoa doente para outro animal ou para outra pessoa”, afirmou Rivaldo Venâncio, coordenador de Vigilância e Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio.

*Redação com informações do Acajutiba News