CURA GAY: Estilista Roberto Ésper revela que deixou de ser homossexual com muita “força de vontade”

Foto: Reprodução / YouTube

Conhecido por aparições na televisão, por já ter comandado um programa sobre moda na Rede CNT (o Alfinetadas) e pelo seu trabalho como estilista, Roberto Ésper já não é mais homossexual. Em entrevista à Daniela Albuquerque, que vai ao ar no próximo domingo (26/3), na RedeTV!, ele revelou que abandonou encontrou a cura gay após se tornar membro da Igreja Universal do Reino de Deus, aos 72 anos.

“Estou muito feliz de estar lá. Há alguns anos eu estava à beira do suicídio, se não tivesse sido acolhido da forma que fui, teria me matado”, confessou.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O estilista afirmou ainda ter sido envolvido com um ministro da época da ditadura militar. “Era um admirador. Se você procurar na Internet, vai ver quem era. Fiquei com ele um período, mas ele não foi o amor da minha vida”, relatou.

*Da redação Aratu Online