Amigo do ex-goleiro Bruno pede liberdade ao STF

Foto: reprodução/UOL

Um dos maiores envolvidos na morte de Eliza Samúdio, em 2010, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, fez um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF), assim como o ex-goleiro Bruno. Macarrão foi condenado a 15 anos em novembro de 2012 por Homicídio qualificado.

O detento passou de regime fechado e regime semiaberto e agora quer que o STF conceda a ele a extensão do que foi concedido a ao ex-goleiro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com o advogado de Macarrão, no pedido encaminhado ao STF: “O requerente possui as mesmas condições pessoais do paciente, muito embora tal fato seja irrelevante ao caso em apreço, pois a decisão que concedera o writ, reconheceu a ausência de fundamentação idônea que negou o direito ao paciente de recorrer em liberdade bem como o excesso de prazo na formação da culpa”.

X