Procurados pela 38ª fase da Lava Jato são presos em Miami

Jorge Luz e seu filho Bruno, alvos da 38ª fase da Operação Lava Jato (batizada de Blackout), foram presos em Miami, nos EUA.

A ação só foi possível graças à cooperação entre a polícia de imigração americana e Polícia Federal do Brasil.

A Lava Jato apontou que os dois pagaram propina de 40 milhões de dólares durante 10 anos em esquema criminoso na Petrobras. Os beneficiários seriam políticos, diretores e gerentes da estala.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Jorge e Bruno são apontados como operadores financeiros do PMDB dentro do esquema fraudulento na Petrobras. A legenda negou ter relação com os presos.

A defesa dos dois falou que pai e filho estão dispostos a colaborar com as investigações. A previsão é de que chegem ao Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, no sábado (25).

Fonte: RedeTV!

X