Novo ministro do STF será revisor da Operação Lava Jato no plenário

Foto: STF

O novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), a ser indicado pelo presidente Michel Temer (PMDB), será o novo revisor da Operação Lava Jato no plenário.

De acordo com a colunista do G1 Andréia Sadi, a função respeita o regimento interno, segundo o qual o revisor deve ser mais novo/moderno em relação ao ministro relator. Edson Fachin foi sorteado nesta quinta-feira (2) e assumiu a relatoria da matéria.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Até a morte do ministro Teori Zavascki, Luis Roberto Barroso era revisor da investigação no plenário da Corte.

X