Governo anuncia investimento de R$ 30 milhões para capacitação de presos

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

O governo federal anunciou que vai investir R$ 30 milhões na qualificação profissional de 15 mil detentos e egressos do sistema carcerário, através de uma parceria entre o Ministério do Trabalho e Emprego e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Essa iniciativa, que tem como objetivo reduzir a reincidência de crimes, deve ser lançada em fevereiro.

A medida vai integrar o Programa Começar de Novo, do CNJ, que visa sensibilizar órgãos públicos e a sociedade civil. Assim, o governo entende que novos postos de trabalho sejam abertos e cursos de capacitação profissional sejam oferecidos para presos. O método de trabalho utilizado pelo programa ficará a cargo do conselho.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“É uma ação do governo federal para combater a criminalidade, tirando as pessoas do mundo do crime, qualificando-as e oferecendo para elas a oportunidade de inserção na sociedade, para viverem de uma forma digna, trabalhando para sustentar as suas famílias”, pontuou o ministro do Trabalho e Emprego, Ronaldo Nogueira.

O ministro disse que o programa vai poder criar parcerias com entidades do terceiro setor. Além disso, citou os resultados positivos provenientes de projeto semelhante implantado no Rio Grande do Sul para inserção de presidiários no mercado de trabalho. “Tivemos uma ação exitosa no estado do Rio Grande do Sul através do programa Recomeçar, quando qualificamos presos do regime semifechado e do regime semiaberto. Obtivemos casos satisfatórios, muitos desses presos foram inseridos no mercado de trabalho e hoje estão produzindo, trabalhando, estão inseridos na sociedade”, disse.

X