Cantora do Kaoma foi queimada viva, diz delegado

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A cantora Loalwa Braz, famosa pelo grupo de lambada Kaoma, foi encontrada morta carbonizada dentro de um carro nesta quinta-feira (19), na região de Saquarema, no Rio de Janeiro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com o delegado Leonardo Macharet, da 124º DP da cidade, a artista de 63 anos foi queimada viva por criminosos que invadiram a pousada em que era proprietária. As informações foram divulgadas pelo site “Ego” após entrevista coletiva à imprensa.

Vizinhos da região acionaram o Corpo de Bombeiros para conter um incêndio num carro, quando constataram a presença do corpo da cantora no veículo. Segundo a polícia, Loalwa foi agredida e, como gritava muito, foi levada para o carro. Como os criminosos não conseguiram dar partida no carro atearam fogo ainda com a artista viva. Da pousada, levaram cerca de R$ 15 mil reais.

Um dos suspeitos do crime foi detido. Ele era um dos funcionários de Loalwa na pousada. Outros suspeitos ainda estão sendo procurados a partir das provas encontradas no local do crime.

X