Camisa ensaguentada do pastor Valdemiro é usada para ‘curar’ fiéis

Com um curativo no pescoço, pastor Valdemiro fez pronunciamento em seu canal de TV (Foto: Reprodução)
Com um curativo no pescoço, pastor Valdemiro fez pronunciamento em seu canal de TV (Foto: Reprodução)

Depois de ser atacado e esfaqueado no pescoço por um homem durante um culto no bairro do Brás, em São Paulo, o pastor Valdemiro Santiago afirmou que a camisa que usava no momento do ataque, que ficou ensanguentada, está sendo usada para curar fiéis.

Ao lado de sua esposa, a bispa Francileia Santiago, ele relembrou o momento em seu canal de TV. “Imagina um facão com toda a força batendo sobre a sua jugular”, disse.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Passaram até a camisa ensanguentada no manto. Quando ela [a fiel] tocou no manto, ela aplumou. Foi curada. O demônio fez o serviço dele, mas acabou dando o contrário. No acerto de contas com o diabo, foi assim: ‘E aí, como é que foi com o Valdemiro? O saldo foi negativo. Porque teve até gente que saiu curada’”, diz o pastor, que se autointitula apóstolo.

“A unção está na nossa roupa, no nosso copo, no nosso relógio, na nossa aliança, no nosso chapéu, no nosso sangue”, explica Santiago, fazendo o adendo de que o poder vem de Deus e não dele.

*Redação com Correio

X