Vitória vence o Bahia por 2 a 0 e tem vantagem na final do Baianão

Fotos – Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia
Fotos – Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

O primeiro clássico Ba-Vi que definirá o campeão baiano de 2016 aconteceu neste domingo (1), no Barradão. O Vitória recebeu o Bahia, que tinha a vantagem de empatar os dois jogos que conseguiria o título. No entanto, quem se saiu melhor foi o Leão. Com um primeiro tempo fulminante, o Vitória venceu por 2 a 0.

O time comandado pelo técnico Vagner Mancini tinha mais posse de bola na etapa inicial, mas foi o Bahia que criou mais chances de gol. No entanto, em pênalti duvidoso marcado após lance envolvendo Vander e Tinga, Diego Renan cobrou e fez o primeiro do jogo. Após o golpe, o Tricolor sentiu o baque e tentou reagir. Mas foi o Leão que ampliou a vantagem. Vander tocou para Amaral, que mandou de primeira de fora da área para o gol, num chute indefensável.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Com o placar favorável, o Vitória administrou o resultado no segundo tempo. O Bahia arriscou algumas chances com Hernane e Thiago Ribeiro, mas o placar ficou inalterado. Com o resultado, o Vitória pode empatar ou perder por 1 a 0 que leva o título do Baianão na Fonte Nova. Já o Bahia, um placar de 2 a 0 já garante o troféu, já que o Esquadrão tem vantagem por ter melhor desempenho na primeira fase do estadual.

Ficha do Jogo
Campeonato Baiano 2016 – Final (ida)
01/05/2016
Vitória x Bahia
Estádio Manoel Barradas (Barradão) – 16h
Público pagante: 20.174
Renda: R$ 596.163,00

Arbitragem: Anderson Daronco (Fifa-RS), Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/-MG)

Vitória: Caíque: José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Marcelo), Willian Farias e Leandro Domingues (Flávio); Marinho, (Alípio) e Kieza
Técnico: Vagner Mancini

Bahia: Marcelo Lomba; Tinga, Lucas Fonseca, Éder e Moisés; Feijão, Danilo Pires, Juninho (Gustavo Blanco); Thiago Ribeiro (Henrique), Edigar Junio (Luisinho) e Hernane
Técnico: Doriva
Cartões Amarelos: Marinho, Victor Ramos, Amaral e Leandro Domingues; Juninho, Feijão, Luisinho e Lucas Fonseca

Gols: Diego Renan e Amaral

Informações do Metro1