Esplanada: Delegado fala sobre receptação e diz que até comerciantes estão sendo observados

DSC_0040_redenewsbahia551O Delegado Wagner Marinho disse na manhã desta quarta-feira que continua trabalhando nas investigações que possam levar aos criminosos que andam cometendo diversos assaltos à pessoas em ruas de Esplanada.

Durante uma entrevista na emissora de rádio Brisa Mar FM, Marinho disse que as investigações mostram que determinados pessoas que trabalham ou são proprietários no comércio da cidade também estão sendo observadas e podem ser punidos por estarem comprando aparelhos desses meliantes.

Marinho enfatizou ainda que a fácil receptação dos aparelhos sem procedência por parte dos cidadãos de bem acabam incentivando ainda mais a pratica criminosa e pediu que a população desconfiasse de vendas duvidosas. Segundo Wagner, uma pessoa que não trabalha e de repente aparece com um aparelho de ultima geração ou não vendendo por valores abaixo do mercado pode indicar que o produto seja de uma fonte ilícita. Mas frisou que geralmente isso é praticado por adolescentes que acabam se envolvendo com drogas e realizam a venda para suprir sua dependência.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Baseado no argumento do Delegado, é importante lembrar que adquirir, receber, transportar, conduzir, ocultar, ter em depósito, desmontar, montar, remontar, vender, expor a venda, ou de qualquer forma utilizar, em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, sabendo ser produto de crime poderá ser punido com Pena – reclusão, de 3 (três) a 8 (oito) anos, e multa.

*Esplanada News