Pastor mata cadela após animal entrar no quintal dele em Barreiras

IMAGEM_NOTICIA_5 (14)Uma cachorra foi morta a tiros após entrar na casa de um vizinho dos donos dela em Barreiras, na Bacia do Rio Grande, oeste baiano. O caso ocorreu nesta segunda-feira (11), no povoado de Baraúnas.

Segundo o delegado Joaquim Rodrigues, o suspeito – ainda não localizado e identificado como um pastor evangélico por moradores – usou uma espingarda artesanal para matar o animal, que tinha sete meses.

Ao prestar queixas, a dona do animal, Cássia Santos, informou que o crime ocorreu quando ela tinha saído de casa para levar os filhos na escola. Cássia relatou que o animal não costumava ir até a casa do agressor e em nenhum momento recebeu queixas do homem sobre o animal.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com a TV Oeste, o acusado se apresentou à polícia no final da manhã e fechou um acordo com a família dona da cadela para evitar o prosseguimento do processo. A cachorrinha, da raça poodle, foi dada como presente para a família.

Foto: Reprodução / TV Oeste