Vitória vence Juazeirense e se aproxima da classificação para final do Baiano

Divulgação/EC Bahia
Divulgação/EC Bahia

Apesar de jogar fora de seus domínios, o Vitória não teve dificuldade e ampliou a sua vantagem rumo à classificação para a final do Campeonato Baiano. O time comandado por Vagner Mancini venceu o a Juazeirense por 3 a 2, em partida realizada no Adauto Morais.

Com esse resultado, o Vitória só deixará a final do estadual se perder por dois ou mais gols de diferença em jogo que vai ser realizado no dia 21 de abril, às 16h, no Barradão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O Jogo:

A partida começou com o Vitória tentando ir para cima e criando algumas jogadas ofensivas, enquanto a Juazeirense buscava segurar as tentativas do time da capital.

Na primeira grande oportunidade, O Vitória abriu o placar. Aos 18 minutos do primeiro tempo. Marinho recebe a bola no lado direito, ajeita o corpo e bate com precisão no ângulo do goleiro Tigre.

Com o placar ao seu favor, o Leão tratou de ter mais tranquilidade, mas não perdeu a fome de aumentar a sua vantagem. Fato que aconteceu no final do primeiro tempo. Diego Renan, de perna direita, cruzou na cabeça de Amaral. O volante ganhou da defesa e aumentou a vantagem antes do termino da etapa inicial.

No segundo tempo, a Juazeirense voltou com a tentativa de empatar o jogo. Chegou até a marcar um gol por intermédio do atacante Nino Guerreiro, que aproveitou a falha do sistema defensivo do Vitória.

Porém, a resposta do Vitória veio na mesma moeda. Kieza aproveitou a falha do sistema defensivo da Juazeirense e só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes.

No final do jogo a Juazeirense marcou o segundo gol. Jean Carlo aproveitou, um lance duvidoso, e colocou a bola na saída do goleiro Fernando Miguel diminuindo o marcador.

Juazeirense 2 x 3 Vitória

Baianão 2016 – Semifinal (ida)

Local: Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA)

Data/Horário: 10/04/2016, às 16h

Arbitragem: Gleidson Santos Oliveira, assistido por Elicarlos Franco de Oliveira e Carlos Eduardo Bregalda Gussen.

Juazeirense

Tigre; Alex Travassos, Emerson, Ricardo Braz e Deca; Capone, Diego Teles, Naldo (Everlan) e Nem (Sassá); William Carioca e Nino Guerreiro (Jean Carlo). Técnico: Evandro Guimarães.

Vitória

Fernando Miguel; José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues; Vander (Arthur Maia), Marinho(Flávio) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini. 

*Galáticos Online

X