Polícia prende três pessoas e apreende 60 kg de maconha em Catu

Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil

Três traficantes foram presos e 60 quilos de maconha apreendido, na quinta-feira (7), em Catu, distante 82 quilômetros de Salvador, por policiais da Delegacia Territorial (DT) local. A ação teve apoio da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), ambas sediadas em Alagoinhas.

Herbert Teixeira Oliveira, de 19 anos, Patrícia de Jesus Santos, 32, e Tiago Nascimento Silva, 22, são integrantes da quadrilha liderada por Genildo Rocha dos Santos, o Nido, que é procurado. Genildo é investigado pelo homicídio de Jean Lima Miranda, cometido na quarta-feira (6), no bairro Narandiba, em Alagoinhas. A polícia apura se o crime tem relação com o tráfico de drogas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Denúncias encaminhadas à DT/Catu levaram os policiais até um imóvel, localizado na zona rural daquela cidade, onde Nido estava reunido com os três comparsas. Ele conseguiu escapar ao cerco feito pelos policiais, que apreenderam ainda 200 gramas de cocaína, um rifle, munições, três coletes antibalísticos e uma balança de precisão.

Assim que chegaram ao local, depois de uma denúncia anônima, os policiais viram Herbert e Patrícia deixando o imóvel, numa motocicleta Honda Fan 150, também apreendida. Ela tinha drogas na bolsa e confirmou tê-las adquirido de Nido e que pretendia vendê-las em Candeias. Disse, então, que o traficante se encontrava no interior do imóvel.

Ao perceber a movimentação dos policiais na rua, Nido atirou e correu, conseguindo fugir pelo matagal que fica próximo da casa. Tiago, que foi preso no interior do imóvel e acabou revelando que toda a maconha estava enterrada no quintal.

Herbert, Patrícia e Tiago foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os três serão encaminhados ao sistema prisional. O material apreendido passará por exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

*Polícia Civil