Mãe mata a própria filha de 12 anos com tiro na cabeça em Alagoas

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Uma adolescente de 12 anos foi morta pela própria mãe na madrugada de sábado (19), em Maceió, com um tiro na cabeça. Cristiane Alves da Silva, 46, atirou contra a filha e em seguida atirou contra si. O crime aconteceu por volta das 3h no bairro do Farol, em Maceió.

A garota chegou a ser levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas já chegou no local sem vida.

A mãe foi socorrida e encaminhada para um hospital particular localizado no Farol, em estado grave. Informações dão conta de que Cristiane morreu no hospital, mas a unidade não confirma a informação.

Na casa onde aconteceu o crime, se encontrava ainda a avó da adolescente, que estava dormindo em outro quarto e não presenciou o momento dos disparos.

A mãe era funcionária do Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas (TRT/AL) e, de acordo com a assessoria do Tribunal, se encontrava em licença médica por depressão. Vizinhos acionaram a polícia, que encontrou na residência uma carta escrita pro Cristiane.

A delegada plantonista, Talita de Aquino, explica que o conteúdo da carta dá algumas indicações da motivação do crime. “Cristiane tinha muitas dívidas, estava em um quadro depressivo e conta que recebeu a arma do advogado, que está sendo procurado pela polícia para dar depoimento” diz Aquino.

O corpo da menina foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia de Homicídios, que investiga o caso, deve concluir o inquérito em até 30 dias.

As informações são do G1-AL