Quatro pessoas são mortas a tiros em Feira de Santana

97004-3
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Com os quatro homicídios ocorridos na quarta-feira (16), a polícia de Feira de Santana já registra 26 homicídios neste mês, e 94 no ano.

De acordo com a polícia, Dorival Oliveira da Silva Neto, 29 anos, morreu na tarde de quarta-feira no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Ele foi baleado quando estava no Bar do Louro na Rua 18 do Forte, no bairro Rua Nova, mesmo bairro onde a vítima morava. Os tiros foram disparados por dois homens que estavam em uma motocicleta. Durante os disparos no mesmo bar também foi atingido um homem identificado como Robson, de 25 anos. Ele foi atingido na perna e socorrido para a policlínica da Rua Nova.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Chácara São Cosme
Rafael Duarte dos Santos, 26 anos, foi assassinado a tiros na tarde de quarta-feira rua Canavieiras na Chácara São Cosme. De acordo com a polícia, Rafael estava na rua quando foi perseguido por volta das 17h por três homens em um veículo gol Prata. Tentando fugir, a vítima entrou numa residência onde foi executada na sala com vários tiros de pistola ponto 40. O jovem morava na Travessa Canavieiras, no mesmo bairro.

Chácara São Cosme
Também foi assassinado Alberto Carlos Pereira Silva, 36, que morava na Chácara São Cosme. Ele morreu no HGCA após ser baleado na tarde de quarta-feira no mesmo bairro.

Sítio Novo
José Mário Batista da Silva, 34, morreu na noite de quarta-feira também no Hospital Geral Clériston Andrade. Ele foi socorrido para o hospital após ser baleado no bairro Sítio Novo, em frente à casa onde morava. Segundo a polícia, a vítima foi baleada na cabeça.
As motivações e as autorias dos crimes estão sendo investigadas pela Delegacia de Homicídios.

Mais um homicídio em março

Além destes crimes, um vendedor de frutas que foi espancado no último dia 14 também não resistiu e morreu na manhã de ontem (16) no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Antônio Carlos dos Santos, 34, foi gravemente ferido a pauladas, pedradas e golpes de facão, na Travessa Santa Tereza, bairro Mangabeira.

Do Acorda Cidade