Peritos criminais param na manhã desta terça-feira (15) na Bahia

 

Foto: Divulgação/ Asbac
Foto: Divulgação/ Asbac

Os peritos criminais da Bahia vão paralisar as atividades até às 12h desta terça-feira (15). Eles reivindicam melhores condições de trabalho, aumento de salário e regulamentação da promoção na carreira. Com a paralisação, ficam mantidas apenas perícias em casos de morte.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A categoria realiza uma assembleia na sede do Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Salvador para avaliar a continuidade da mobilização. De acordo com o Sindicato dos Peritos Criminais do Estado da Bahia (Asbac), a paralisação acontece em Salvador e em todos os municípios do estado, como Feira de Santana, Senhor do Bonfim, Euclides da Cunha e Juazeiro.

Durante a assembleia nesta terça-feira, os trabalhadores avaliam se continuam a paralisação. De acordo com o presidente do sindicato da categoria, Leonardo Fernandes, um dos principais problemas é a falta de material de trabalho. “Falta luva, reagente, papel. A gente diz que a perícia vai parar por falta de material”, justifica.

O presidente da Asbac afirma ainda que o governo também quebrou a promessa feita no ano passado para regulamentar promoção da categoria, já prevista em lei. A categoria critica também a mobilização da categoria de peritos técnicos, que exercem atividades auxiliares e pretendem para alcançar a função de perito criminal.

Bocão News