Marcelo Odebrecht é condenado a 19 anos de prisão na Lava-Jato

MarceloOdebrecht-AMEx-presidente da maior empreiteira do país, a Odebrecht, o empreiteiro Marcelo Odebrecht foi condenado nesta terça-feira a 19 anos e quatro meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa na Operação Lava-Jato.

Foram condenadas, ainda, outras oito pessoas na mesma ação penal: os executivos da Odebrecht Márcio Faria da Silva, Rogério Santos de Araújo, Cesar Ramos Rocha e Alexandrino de Salles Ramos de Alencar; os ex-diretores da Petrobras Renato Duque, Pedro José Barusco Filho, Paulo Roberto Costa; e o doleiro Alberto Youssef — este com a maior pena, de 20 anos e quatro meses.

O juiz federal Sérgio Moro, que conduz as ações da Lava-Jato, afirmou, em relação a Marcelo Odebrecht que “a prática do crime corrupção envolveu o pagamento de R$ 108.809.565,00 e US$ 35 milhões aos agentes da Petrobrás, um valor muito expressivo”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Marcelo Odebrecht, Márcio Faria e Rogério Araújo estão presos desde 19 de junho de 2015, quando foi deflagrada a 14ª fase da Lava-Jato, chamada de Erga Omnes.

Fonte: Zero Hora