4º Batalhão lança projeto audacioso de aplicativo de “socorro” via smartphone

Foto: Divulgação/Polícia Militar
Fotos: Reprodução/ Facebook 4°BPM

O 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado da Bahia, em parceria com as Associações Dos Comerciantes de Alagoinhas – CDL, ACIA e CICOMERCIO – lançou na quinta-feira (03), a implantação de um aplicativo para celulares inteligentes – conhecidos como smartphones – para o registro de ocorrências em situações de emergência.

Com este revolucionário aplicativo gratuito, a pessoa que estiver em perigo pode acionar socorro de forma discreta, em poucos segundos e com apenas alguns toques na tela. O aplicativo não irá substituir o 190 da polícia, mas é indicado para situações de risco, como por exemplo roubos e furtos. Ao acionar uma alavanca de pânico, o usuário pede socorro e informa o crime e a localização exata.

12814578_1685119235069223_2205688738425343966_nA mensagem cai direto no Centro de Integrado de Comunicação de Alagoinhas (CICOM/Alagoinhas), que encaminha uma equipe para averiguar o chamado.A mesma mensagem de socorro repassada para a polícia pode ser vista por um grupo de até 12 amigos que estiverem cadastrados em uma rede de contatos. Neste caso, também é possível encaminhar fotos, mensagens e áudios, acompanhando de perto o pedido de socorro com geolocalização.

O sistema também faz denúncia de crimes e suspeitos, em que somente a polícia tem acesso a essas informações.O programa poderá ser baixado sem nenhum custo em smartphones com sistema Android, iOS ou Windows Phone, necessitando apenas antes de utilizar o serviço, o usuário se cadastrar.

Com auxílio das Associações dos Comerciantes, o 4º BPM possui smartphones com pacotes de dados que serão utilizados pelos comandantes de viaturas para serem acionados quando for preciso. A implantação completa do revolucionário sistema será dada quando todas as suas etapas forem cumpridas.

Neste momento, em sua primeira etapa, os Policiais Militares desta unidade estão recebendo instruções de como utilizar a incrível ferramenta. As próximas etapas envolverão os principais representantes dos comércios em Alagoinhas e como última etapa a divulgação para toda a comunidade de Alagoinhas.