Trotes a serviços de emergência causam R$ 1Bi de prejuízo

310670770_5f30fb24d0_zUma brincadeira de mau gosto e perigosa, os trotes telefônicos aos serviços públicos de emergência, como o da polícia militar, bombeiros e samu, custam cerca de R$ 1 bilhão por ano ao país.

A maior parte dessas ligações é feita por crianças e adolescentes. As falsas chamadas podem colocar em risco vidas que verdadeiramente precisam de socorro.

Em São Paulo, uma lei estadual prevê multa de R$ 500,00 para ligações identificadas como trote. A conta é paga pelo titular ou responsável pela linha.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Saiba mais informações na reportagem da TV Brasil.

Da EBC