Viana defende diretas e estatuto aprovado no Conselho

Luciano da Matta | Ag. A TARDE
Luciano da Matta | Ag. A TARDE

Em meio à troca de acusações entre situação e oposição no Vitória, o presidente Raimundo Viana deu entrevista coletiva nesta quarta-feira, 2, na qual defendeu a aprovação da proposta de novo estatuto ocorrida na última segunda, 29, em reunião do Conselho Deliberativo.

“Reitero que sou a favor das eleições diretas. O Conselho tem mais de 200 integrantes e cada um se manifesta como quiser. Na última reunião foi proclamado  em ata o estatuto que contempla as diretas”, disse Viana.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A polêmica gira em torno de um outro estatuto, defendido pela oposição, que havia sido aprovado em uma assembleia geral dos sócios e também contemplava eleições diretas, apesar de divergir em pontos secundários como direito de políticos que ocupem cargos públicos se candidatarem no Vitória.

Um processo judicial anulou a assembleia alegando que ela feriu o regimento do clube, pois um novo estatuto precisa ser aprovado pelo Conselho antes de ser referendado pelos sócios.

O grupo de situação diz querer levar sua proposta para os sócios em abril. José Rocha, presidente do Conselho e líder da oposição, contesta, pois ele havia dado a reunião de segunda por encerrada antes que o documento fosse votado.

Em carta, a oposição afirma: “A eleição direta é uma bandeira  levantada pela oposição, e sempre encontrou resistência. José Rocha é o líder desta causa mais do que justa”.

Fonte: A TARDE