Bandidos fortemente armados assaltam banco em Jaborandi e comemoram explosões

Foto: Blog Sigi Vilares
Foto: Blog Sigi Vilares

Bandidos fortemente armados provocaram terror no município de Jaborandi, no oeste do estado, durante assalto a uma unidade bancária do Bradesco na madrugada desta terça-feira (1º).

Com armas de grosso calibre, cerca de 15 homens invadiram a cidade em três carros, disparam contra unidades policiais, explodiram um cofre e assustaram moradores com diversos tiros para o alto.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

As informações são do investigador da Polícia Civil de Jaborandi, José Lima Silva, que estava na delegacia no momento dos ataques. Ele descreve a ousadia dos criminosos diante de uma ação que durou cerca de 20 minutos.

Foto: Blog Sigi Vilares
Foto: Blog Sigi Vilares

“Ouvíamos tiros de todos os pontos da cidade. Tinham bandidos na porta do Departamento de Polícia Militar e também na porta da delegacia. Outros bandidos ficaram na rua principal da cidade fazendo várias disparos”, relatou.

A delegacia, que fica a cerca de 60 metros da unidade bacária, foi alvo de diversos tiros. Os disparos danificaram dois equipamentos de ar-condicionado e duas viaturas.

Segundo o investigador, um dos carros da polícia chegou a ser atingido por uma peça do cofre bancário, que voou após ser detonado com bombas. A peça atingiu a parte traseira da viatura, que ficou inutilizada. “A cada explosão, eles comemoravam”, destaca. A sede da PM também foi atingida por disparos.

“Está todo mundo ainda em pânico, porque são coisas difíceis de acontecer. É uma ação ousada em que bandidos tomam conta da cidade”, atesta o investigador José Lima Silva. Com a ação dos criminosos, a unidade bancária do Bradesco ficou completamente destruída. Os assaltantes ainda tentaram invadir uma casa lotérica da região, sem sucesso.

Nenhum dos envolvidos no crime foi identificado até a manhã desta terça. De acordo com a delegacia local, informações preliminares apontam que os assaltantes fugiram em direção ao município de Correntina.

As informações são do G1 Bahia