Estudantes da Uneb protestam no centro de Alagoinhas contra cortes no Pibid

2c8610d8-9376-41c0-a5f2-bc57cc1d2980
Fotos: Lucas Batista/leitor do Alta Pressão

Estudantes da Uneb, protestaram na tarde desta quarta-feira (24) no centro de Alagoinhas em função dos cortes feitos pelo governo federal na destinação de recursos ao Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID).

d0ecff5b-8817-430f-85dd-c83f1cb78e72Os manifestantes distribuíram panfletos e informações sobre o PIBID. De acordo com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Ministério da Educação anunciou um corte de R$ 274 milhões, cerca de 45% do valor destinado anualmente para o programa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O Pibid, criado em 2009, distribui bolsas a estudantes de licenciaturas para que estes realizem sua iniciação na docência em escolas da rede pública de ensino – uma espécie de estágio. Os estudantes são supervisionados por um professor da escola, que também recebe formação teórica na universidade. Um professor universitário coordena o projeto. Os professores envolvidos também recebem bolsas.

Os cortes geraram protestos em diversos estados do país, como Piauí, Maranhão, Amazonas e Paraná. A responsável pelo Pibid é a Coordenação de Aperfeiçõamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia ligada ao Ministério da Educação. Até o momento, a Capes não se pronunciou sobre o assunto.

Do Alta Pressão